Pages

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Recuperando o Tempo Perdido

Os sãos não precisam de médico, e sim os doentes. Não vim chamar justos, e sim pecadores, ao arrependimento.” (Lc.5.31,32)


Talvez você já tenha desejado ter a oportunidade de voltar ao passado, corrigir os erros e recuperar o tempo perdido. Não são poucas as ficções que refletem esse desejo do homem. Mas, o único tempo que Deus nos concedeu para usá-lo com sabedoria foi o presente. O futuro pertence completamente ao Senhor e o passado é história, não pode ser mudado. Já que não é possível voltar ao passado, como é possível recuperar a vida, a fim de se desfrutar de alegria no viver? Como usufruir de um presente e um futuro melhor sem mudar o passado?

Quando Jesus esteve na terra, ele viveu entre pecadores, muitos dos quais se arrependeram do passado marcado por muitos erros que tanto afrontaram Deus quanto deixaram consequências. Muitos doentes, prostitutas, publicanos e diversos outros pecadores, cansados de suas vidas errantes, foram atraídos pelas misericórdias, poder, sabedoria, bondade, amor e graça do Senhor Jesus. Outros o buscaram apenas por causa do pão que Cristo multiplicou (Jo.6), ignorando aquilo que Jesus tinha de melhor para lhes dar: a vida eterna. Todavia, todos aqueles que o buscaram de todo o coração encontraram nEle uma viva esperança de nova vida, pois Cristo não lançou fora nenhum dos pecadores arrependidos (Jo.6.37).

Jesus não trouxe o passado de volta para as multidões carentes, mas trouxe uma nova perspectiva para o futuro para aqueles que estavam sem esperança. Aqueles que compreenderam as promessas do Senhor encontraram alívio para o coração frustrado, triste e perdido. Quando Jesus perguntou para os discípulos se queriam ir embora, eles responderam: “Senhor, para quem iremos? Tu tens as palavras da vida eterna; e nós temos crido e conhecido que tu és o Santo de Deus.” (Jo.6.68,69). Eles encontraram em Cristo o restaurador no qual estava toda a esperança de uma vida plena com Deus.

Cristo é o recuperador de tempo perdido, pois suas promessas são fiéis e verdadeiras e superam em muito todo sofrimento do homem, como disse Paulo: “Porque para mim tenho por certo que os sofrimentos do tempo presente não podem ser comparados com a glória a ser revelada em nós” (Rm.8.18). Jesus promete perdão para todo aquele que o buscar arrependido; Ele promete cuidar de todo aquele que lhe entregar a vida; Cristo promete vida eterna para aquele que confiar em Sua Palavra.

Não importa o quanto você tenha errado na vida nem o quanto você se sinta pequeno diante do mundo, pois “onde abundou o pecado, superabundou a graça, a fim de que, como o pecado reinou pela morte, assim também reinasse a graça pela justiça para a vida eterna, mediante Jesus Cristo, nosso Senhor” (Rm5.20-21). Cristo pode receber sua vida do jeito que se encontra nesse momento, para lhe trazer justificação, perdão e transformação por meio da Palavra de Deus e do Espírito do Senhor. Ele é poderoso para trocar seu coração marcado pelos pecados por um coração cheio de vontade de servir a Deus (Ez.36.26-27; Gl.5.22-23). Jesus pode transformar sua vida sem sentido numa vida plenamente feliz com Ele.

O que você precisa fazer é crer na obra redentora de Jesus e confiar-lhe completamente a vida, amando-o “de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento” (Mt.22.37). Depois disso, desfrutarás da “paz de Deus que excede todo entendimento” (Fp.4.7//Rm.5.1), mesmo que esteja lutando “diligentemente, pela fé que uma vez por todas foi entregue aos santos” (Jd.3), pois Cristo será a causa e o propósito de sua nova vida, o agente condutor e motivador de seu novo viver, e ninguém poderá tirar essa vida de você (Rm.8.31-39).

Nenhum comentário:

Postar um comentário